21.07.10 Observação – São Luís do Purunã

Nem sempre podemos aproveitar o céu em condições ideais, mas quando isso ocorre em um final de semana é praticamente obrigatória uma incursão no campo.

As condições estavam tão boas que me estendi um pouco mais.

NGC:4038 C60 GALXY RA:12h02 DEC:-18°52′ m:10.7 Antennae Ringtail CRV
NGC:4039 C61 GALXY RA:12h02 DEC:-18°53′ m:13 Antennae CRV
NGC:4594 M104 GALXY RA:12h40 DEC:-11°37′ m:8.98 Sombrero VIR
NGC:4945 C83 GALXY RA:13h05 DEC:-49°29′ m:8.8 Tweezers CEN
NGC:5128 C77 GALXY RA:13h26 DEC:-43°01′ m:7 Centaurus A CEN
NGC:6302 C69 PLNNB RA:17h14 DEC:-37°07′ m:13 Bug / Butterfly SCO
NGC:6475 M7 OPNCL RA:17h54 DEC:-34°48′ m:3.3 Ptolemy SCO

21.06.14 Observação – São Luís do Purunã

Na noite do dia 12, sábdo, estava me preparando para fazer algumas astrofotos. Cheguei tarde no campo, 19h00 e logo comecei a montar o equipamento. Após meia hora fiz um lanche e fui fazer o alinhamento pela estrela artificial. Terminado o alinhamento busquei M65 do outro lado e o telescópio chegou bem próximo, com a ocular de 21 mm enquadrando o objeto. Daí fui buscando algumas estrelas e objetos perto da Cabeleira de Berenice onde queria fazer algumas astrofotos. Fiz a verificação de alinhamento com M99 e M64. Nisto apareceu um casal com lanternas fortes e deitou uns 30m adiante. Discutiam as constelações de Leão, Virgem, Libra e Escorpião, sem laser, e sem qualquer instrumento. Lembrei das sessões com o Marcelo e Elaine fazendo o mesmo e identificando cada uma das Constelações; então não resisti, peguei um laser e fui lá papear. O casal era simpático, quase de minha idade, Marcus e Liz, e não conheciam o laser verde. Então mostrei com o laser Ômega do Centauro e a Caixa de Jóias, pedindo em seguida que olhassem om o binóculos.
– Definitivamente a gente não estava vendo nada.
Mais uma olhada em Carinae e convidei eles para olhar pelo telescópio, que assustou eles pelo tamanho.
Viram o tripleto em Leão, Sombreiro ao lado do Corvo, e como discutiam com entusiasmo fiquei animado.
– Vocês começaram pelas fumacinhas, o mais difícil, e estão sendo promissores. (Muitos não se empolgam).
Então fui para a Caixa de Jóias, Ômega do Centauro, Tweezzers e Centaurus A antes de mostrar Eta Carinae em grande campo e Wishing Wheel. Voltei em Eta Carinae e fui aumentando para revelar detalhes da Key Hole Dark Nebula e do Homúnculo.
A noite foi passando rapidamente, sem humidade, sem vento, com excelente contraste e seeing. Depois fomos para a região do Escorpião e Sagitário próximo ao Centro Galático. Ptolomeu, Lagoa, Trifídia, Omega (Swan), M16 (sem graça).
Mostrei Saturno, e fui até M57 para mostrar uma nebulosa planetária, enquanto Júpiter saia de trás das árvores, para fechar com ele e Io saindo de uma ocultação. Encerramos meia noite pelo cansaço.
Terminei a noite desmontando o equipamento para o retorno, satisfeito por ter aberto mão de uma monótona sessão de registros fotográficos e optado por uma animada astronomia na calçada e eles certamente entusiasmados com a experiência de observar 19 objetos de diversos tipos. Planetas, Galáxias, Nebulosas de Emissão, Nebulosas Escuras, Aglomerados Abertos e Globulares, e uma Nebulosa Planetária.
Foi uma noite excelente em todos os aspectos.

No domingo o céu com muitas nuvens não colaborou, mas na segunda surgiu outra oportunidade com Lua favorável e decidi aproveitar para fazer aquelas fotos que deixei de fazer no sábado, o que foi uma decisão acertada em ambos os dias.

Final de dia
Lua se pondo.
NGC:4192 M98 GALXY RA:12h14 DEC:14°54′ m:11 COM
NGC:4254 M99* GALXY RA:12h19 DEC:14°25′ m:10.4 COM
NGC 5236 M83 GALXY RA:13h37 DEC:-29°52′ m:7.54 Southern Pinwheel / Seashell HYA

20.11.07 Observação – São Luís do Purunã – Apenas a natureza

As incursões na região rural próxima à Curitiba em busca de céus viáveis para a astronomia amadora em algumas ocasiões nos presenteiam com momentos ímpares. São momentos de contato com o mundo real, não aquele edificado pelo homem nas cidades, onde tudo é artificial. As regiões rurais nos proporcionam a experiência de presenciar a dinâmica natural ao vivo e em cores.

Gavião Pinhé em mourão de concreto.
Gavião Cinza caçando roedores na relva alta.

Neste momento, o enorme pássaro pairava sobre a relva procurando uma refeição. Foi para lá e para cá em busca do alimento. Este momento é indescritível.

Como eu sei que são roedores? Palpite.

Final de tarde no campo.