16.12.24 – Teoria da Manivela ou Engrenagem do Universo

Semanas atrás o amigo Wilson Paulo Bettega nos procurou solicitando um meio de publicar suas pesquisas, reflexões e conclusões pessoais sobre o Cosmo.
Wilson, nascido em outubro de 53 em Curitiba, é Engenheiro Civil pela PUC-PR, especialista em Engenharia de segurança do Trabalho e Especialista em Engenharia Florestal pela UFPR. Exerceu diversos cargos administrativos de destaque na UFPR e atualmente é Professor do Dep. de Transportes da UFPR.

– § – § – § – § – § – § – § – § – § – § – § – § – § – § – § – § – § – § –

MOVIMENTO DE ROTAÇÃO E TRANSLAÇÃO E A OSCILAÇÃO DOS CORPOS CELESTES E OUTROS FENÔMENOS RELATIVOS AO PLANETA TERRA.

BETTEGA, W.P.

Teoria da manivela ou engrenagem do Universo

RESUMO – Esta teoria tem como objetivo demonstrar que o movimento de rotação e translação dos corpos celestes não são fenômenos meramente causados pela explosão do Big Bang, mas são movimentos causados pelas forças gravitacionais de Newton, de variação das massas, densidades e do estado físico da matéria que os compõem, e temperaturas (energia) das várias camadas dos corpos celestes, conduzindo a um centro de gravidade oscilante e não fixo como imaginado pela Teoria Newtoniana. Ainda, esta teoria trata da interferência destas forças newtonianas e esta energia em fenômenos naturais relacionados com o planeta Terra, como vulcões, terremotos, distribuição e multiplicação das placas tectônicas, o achatamento e ilheficação do Planeta Terra, o incremento de ilhas vulcânicas entre os trópicos, a distribuição e pulverização da crosta e de porções aparentes de terra em torno do globo, e a polarização dos continentes ilhas, e também a tendência de resfriamento da terra resultando num movimento sincronizado. Esta teoria tem como objetivo também, tratar da oscilação epicicloidal do movimento de translação da Terra, e, fazer uma proposta de discussão sobre a mudança climática do Planeta.

 

ABSTRAT – This theory aims to demonstrate that the movement of rotation and translation of Celestial Bodies are not phenomena merely caused by the explosion of the Big Bang, but are movements caused by the gravitational forces Newtonian, variation of masses, densities and the physical state of matter that compose them, and temperatures (Energy) of the various layers of celestial bodies, leading to a center of gravity oscillating and not fixed as imagined by Newtonian Theory. Still, this theory treats of the interference of these Newtonian forces and this energy in natural phenomenon related to the planet Earth, as volcanoes, earthquakes, distribution and multiplication of plate tectonics, the squashing and islandfication of Planet Earth, an increase of volcanic islands between the Tropics, the distribution and pulverization of the crust, and of portions apparent of land around globe, and  the polarization of continents islands, and also the tendency to cooling of earth, and result a synchronous movement. This theory aims also to treat of epicycloid oscillation of translational movement of Earth, and make a proposal for discussion on climate change of planet.

O documento completo com pode ser encontrado para download em:
https://drive.google.com/file/d/0B1Hwpcd6lDHYVFZaNVFHWEVzVVU/view

2011.12.22 – C/2011 W3 Lovejoy – Observação Areia Branca dos Assis

Nos reunimos às 3h30 na região da CIC. Todos animados torcendo por um céu bom.

Chegamos no site às 4h30, nos jogamos para fora do carro e começamos a clicar.
Uma neblina associada à poluição luminosa era o que não queríamos.

Às 4h45 já estavamos em outra posição mais favorável uns 500m  na estrada.
Só alegria. O cometa estava com sua cauda dupla bem destacada, quase totalmente exposto.

 

A comparação com a lua nos dá vaga noção de seu descomunal tamanho.
Aproximadamente 0,04ua / 6.000.000km. 20° de céu segundo o Reginaldo.

Foram vários minutos de espetáculo. Da ponta da cauda ao final seriam aproximadamente 1h20.

Estávamos eufóricos, concentrados nas fotografias e degustação visual do fenômeno.

 

Em uma estrada rural, à beira da cerca. Espetáculo maravilhoso. Momento inesquecível.
De baixo para cima, da esquerda para a direita.
Marcelo Martins, Elaine Martins, Reginaldo, Fernando.
Lua e C/2011 W3 Lovejoy

 

A  Alvorada foi dispersando a bela imagem do céu.
Restou fazer uma foto da bela lua e seguir pela estrada ao lado desta fiel companheira.

Compensou abreviar o sono e apreciar o raro espetáculo entre amigos.

FALC

Cometa C/2009 P1 (Garradd)


Olá.

Na linha M57, M56, Albireo, M27 e Garradd. Em Delphinus.
Cometas C/2009 P1 (Garradd) 2011-08-17 22h19m24s Magnitude: 8.3  
Comprimento estimado da cauda: 0.02au ref: 2/2011-08-27 Altitude:+39°52′
Elevação: 18h39m / Culminação: 0h10m / Ocaso: 5h38m

Localização - Abra em outra aba

Magnitude

Foto

Now it is 7.4 mag (Aug. 10, Jakub Cerny). It keeps so bright as 6-8 mag for a long time from 2011 to 2012, and will be observable in good condition in the Northern Hemisphere. In the Southern Hemisphere, it keeps observable in good condition until October when it brightens up to 6.5 mag.
FALC

Cometa 45P/Honda-Mrkos-Pajdusakova

Para quem pode madrugar parece que está no melhor do brilho agora.
Depois decai.Pela previsão o amanhecer amanhã 17.08.11 permitirá a observação… ou não. O nascer do sol (astronômico) será às 05h26.
Cometa: 45P/Honda-Mrkos-Pajdusakova
2011-08-16 05h18m14s – Magnitude: 7.5

– Distância: 0.0616au – Distância Solar: 1.0003au – Comprimento estimado da cauda: 0.02au – ref: 2/2011-08-27 – Elevação: 1h45m Azimute / Culminação: 11h10m  / Ocaso: 20h35m

45P Honda-Mrkos-Pajdusakova - Abra em outra aba.

Magnitude

Foto

Now it is very bright as 9.2 mag (Aug. 8, Juan Jose Gonzalez). It will approach to the earth down to 0.06 A.U. and brighten up to 7-8 mag in mid August. However, it is not observable in the Northern Hemisphere. It will appear in the morning sky at 7 mag in mid September, then it keeps observable while fading gradually. In the Southern Hemisphere, it is observable until mid August when it brightens up to 8 mag. But after that, it is not observable until winter when it becomes fainter than 16 mag. It will pass near by Large Magellanic Cloud and Small Magellanic Cloud in mid August.
FALC