20.04.23 Observação – São Luís do Purunã

O dia seguinte estava igualmente ideal para uma sessão de astrofotos. A seca e estiagem estão castigando nossa região, mas tem proporcionado esses finais de dia belos. Coisa muito rara nos últimos anos. Uma seca assim eu lembro de ter visto na década de 70 quando fui ver os paredões expostos das Cataratas do Iguaçú.

Chegando no local encontrei o Haroldo que estava hospedado com a família. Fui conversando com ele e logo o Reginaldo se juntou ao grupo. Nos cumprimentamos sem apertos de mãos ou abraços, mantendo o espírito de prudência exigido pela época excepcional.

Fiz uma rápida astronomia na calçada para os novatos, mostrando belos objetos: Vênus em fase, as galáxias Tweezzers, Centaurus A, Sombreiro, o aglomerado aberto Jewel Box, o globular Ômega do Centauro, a nebulosa de emissão Eta Carinae, com a nebulosa escura Key Hole e com mais aumento o Homúnculo do par de estrelas em iminente explosão. Também apontei as constelações com o laser verde e mostrei a grande nebulosa de Órion na espada de Órion.

O objetivo da noite era melhorar alguns registros de objetos na região de Canes Venatici, Ursa Maior, e Coma Berenice, pois nestes anos dificilmente encontrei céu aberto para apreciar essa região no início da noite. Tentei ajustar a autoguiagem, mas como o ajuste demorava e já passava de 22h00, abandonei a ideia e aproveitei o alinhamento bem feito para fazer alguns registros.

NGC:4244 C26 GALXY RA:12h18 DEC:37°47′ m:10.2 Silver Needle CVn

Orion 254mm f/4.7 + MPCC MK III + EOS 80D + Atlas EQ-G
10 × 30s @ISO 3.200
NGC:4449 C21 GALXY RA:12h28 DEC:44°06′ m:9.4 Box Galaxy CVn

Orion 254mm f/4.7 + MPCC MK III + EOS 80D + Atlas EQ-G
15 × 30s @ISO 3.200